Artigos

47 anos de SINDIQUIM: Comunicação de e para os trabalhadores

Não é uma marca fácil de atingir para um órgão de comunicação dos trabalhadores: quase meio século de edições impressas, com periodicidade variável (atualmente, quinzenal). Por isso, o aniversário do Jornal impresso do Sindicato dos Químicos do ABC – o SINDIQUIM - deve ser celebrado a cada ano. Afinal, trata-se de um instrumento de comunicação de classe, feito pelos trabalhadores e destinado aos trabalhadores.

Suas páginas são e foram redigidas e elaboradas por profissionais comprometidos com os interesses da classe trabalhadora, como jornalistas, fotógrafos, desenhistas, diagramadores e outros, colaboradores especializados da área de Direito, de Saúde do Trabalhador, de Economia, de política etc. Mas, o seu foco, de fato, são as pessoas, os trabalhadores e suas famílias.

Traduzindo, a cada momento de nossa história, como a globalização e as decisões dos governos e dos patrões afetam o nosso emprego, nossas condições de trabalho e de vida. E o que a direção do Sindicato – a direção da categoria e da classe trabalhadora – tem a dizer sobre isso, suas orientações de luta e suas estratégias. No campo da política pública – na relação com a fiscalização do trabalho ou o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador - e no interior da fábrica, esclarecendo, sindicalizando, convocando para reuniões, assembleias e manifestações. E até a greve! Seja ela local, da categoria ou geral e nacional, contra as políticas neoliberais e as estratégias patronais de redução de direitos e salários.

Toda estratégia de luta da categoria e do Sindicato passa, de algum modo, pela comunicação: entre a direção e a base, na orientação para a militância, na conscientização, na organização de classe para a luta contra a exploração e pela emancipação dos trabalhadores frente aos patrões e ao capital. Passa também pela cultura e pelo lazer, pelo reconhecimento dos grandes fatos e das conquistas, individuais e coletivas. Daí a importância de um órgão de comunicação de classe como o SINDIQUIM. Viva os 47 anos do SINDIQUIM! Viva a imprensa sindical e de classe!

Raimundo Suzart, presidente do Sindicato dos Químicos do ABC

Ronaldo de Oliveira, Secretário Geral e de Imprensa do Sindicato dos Químicos do ABC

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir:


Ronaldo de Oliveira

Ronaldo de Oliveira

Secretário Geral e de Imprensa