Notícias

28 de Fevereiro: Dia Mundial do Combate às LER/Dort, hoje uma epidemia nos locais de trabalho

Não deixe sua saúde no trabalho: alertam CEREST e sindicatos da região

Na manhã deste 28 de fevereiro, Dia Mundial do Combate às Lesões por Esforços Repetitivos/Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (as chamadas LER/DORTs),  lideranças do Sindicato e outros sindicalistas do ABC, junto com o pessoal do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Santo André (Cerest), estiveram no Terminal de Ônibus e Trem de Santo André distribuindo panfletos informativos e conversando com a população sobre a necessidade de prevenir as doenças que mais crescem no ambiente de trabalho

Hoje as LER/DORTs provocam sofrimento em milhares de trabalhadores e trabalhadoras, é a segunda Doença do Trabalho que mais afasta pelo INSS. De acordo com Pesquisa Nacional de Saúde no Brasil, aproximadamente 3,5 milhões de trabalhadores e trabalhadoras foram diagnosticados com o distúrbio, que pode envolver doenças como, por exemplo, tendinite, bursite, mialgias – que afetam principalmente músculos, tendões e nervos dos membros superiores, sobrecarregando o sistema musculoesquelético. 

“É uma epidemia motivada pelo estresse, ritmo infernal, pressão ou volume de trabalho nos escritórios, linhas de montagem, entre embaladores, operadores de produção e uma grande variedade de funções. Atinge todas as categorias de trabalhadores”, explica o ex-presidente do Sindicato e atual assessor da Fetquim, Remígio Todeschini.

Durante a ação, uma faixa fixada no local estampava o mote da campanha: 'Não deixe sua saúde no trabalho'.

No município, existe uma Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador, vinculada ao Conselho Municipal de Saúde. A CUT, outras centrais e sindicatos atuam neste espaço.

Coordenador da subsede da CUT no ABC, o dirigente químico José Freire explica que as LER/Dort hoje são consideradas questão de saúde pública mundial. "Chamamos a atenção da população trabalhadora sobre este problema, mas falamos sobre a importância da prevenção e também do atendimento que existe hoje no setor público e nos sindicatos caso precisem", relata.

Os sindicatos que participaram desta ação: Químicos, Bancários, Comerciários, além de funcionários do Cerest. Os químicos do ABC estiveram representados pelos diretores Janssen, João Montanha e Cláudio.

Com informações da CUT-ABC e CUT-SP

 

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir: