Notícias

Centrais convocam ato no dia 11 contra o fechamento do Ministério do Trabalho

Em SP, manifestação será em frente à Superintendência do Trabalho, no centro da capital

Diante do anúncio da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) de que irá fechar o Ministério do Trabalho, as principais centrais sindicais, como a CUT, convocam um ato para a próxima terça-feira, 11, às 10h, em frente à Superintendência do Trabalho (antiga DRT), no centro da capital paulista.

Para as entidades, a extinção do ministério é uma grave sinalização de precarização e desrespeito ao trabalhador, que já sofre com o desemprego recorde, ataque aos direitos após a reforma trabalhista e o aumento da pobreza. 

O Ministério do Trabalho existe há 88 anos e é responsável, entre outras atividades, pela regulação das leis de relação entre patrões e empregados, pela política salarial e a de criação de emprego e renda para o trabalhador, pelo combate ao trabalho escravo e a fiscalização da segurança e saúde no trabalho.

Serviço
Ato em defesa do Ministério do Trabalho
11 de dezembro
A partir das 10h
Em frente à Superintendência do Trabalho (antiga DRT)
Rua Martins Fontes, 109, centro de São Paulo (SP)

Fonte: CUT-SP

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir: