Notícias

Greve na UCI-FARMA contra irregularidades e atrasos salariais

Paralisação teve início dia 4/4 e negociação está marcada para a próxima quinta-feira 12

Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira, 11, na sede da regional do Sindicato em São Bernardo do Campo, as trabalhadoras e trabalhadores da empresa UCI-Farma reafirmaram a continuidade da greve, iniciada no dia 4 de abril.

Os motivos da greve são:

- Constante atraso no pagamento dos salários

- Atraso no pagamento de férias e do 13º salário

- Depósito do FGTS não está sendo feito

- Suspensão do Convênio Médico

- Ar-condicionado parado por falta de manutenção

Alguns trabalhadores estão entrando para o trabalho, mas o setor de embalagem está completamente parado.

Uma negociação entre Sindicato e empresa está agendada para a tarde da próxima quinta-feira, 12, que terá acompanhamento de algumas trabalhadoras da empresa.

"As trabalhadoras e os trabalhadores estão aguerridos na luta pelos seus direitos. Desde o ano passado estão mobilizados, realizando protestos, agora a greve só acaba quando tivermos uma solução real para esses problemas", comentou a diretora Lucimar Rodrigues, trabalhadora na UCI-Farma.

 

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir: