Notícias

Em encontro com Lula, presidente Raimundo expõe situação da indústria química na região

A conversa aconteceu na manhã desta quinta-feira, 5, em São Bernardo

Na manhã desta quinta-feira, 5 de agosto, o presidente do Sindicato dos Químicos do ABC Raimundo Suzart teve um encontro ao acaso com o ex-presidente Lula, em São Bernardo. Raimundo  e o secretário de administração do Sindicato, Fabio Lins, cumpriam uma agenda com dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Raimundo e Lula conversaram sobre a desindustrialização do país e o difícil cenário da indústria química e petroquímica, tanto na região como nacionalmente.

“Falamos da importância da indústria química e farmacêutica diante de uma pandemia, como a indústria petroquímica e o pré-sal são estratégicos para o desenvolvimento do país e mesmo assim, infelizmente, o que vemos é destruição da Petrobras, do parque industrial e medidas que visam tirar competividade da nossa indústria e abrir mercado pra importações, gerando emprego nos outros países e desemprego e miséria no Brasil”, conta Raimundo.

O ex-presidente Lula ouviu atentamente, concordou e sugeriu que o Sindicato fizesse um estudo sobre quais indústrias têm potencial de se desenvolverem a curto prazo no País hoje. “Precisamos saber quais os setores que podem ser desenvolvidos rapidamente para que em breve o Brasil saia desse pesadelo e retome o crescimento econômico, com geração de emprego e renda para o nosso povo”.  

 

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir: