Notícias

Outubro Rosa: a importância do autoexame na prevenção do câncer de mama

Autoexame também deve ser incluído na rotina masculina

Durante todo mês de outubro são realizadas campanhas de prevenção ao câncer de mama, o chamado Outubro Rosa. O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres.

Calcula-se que mais de 50 mil novos casos de câncer de mama são diagnosticados no Brasil ao ano. Quanto mais precoce o diagnóstico, maior a chance de cura e menor dano a mulher.

O diagnóstico positivo é sempre uma notícia impactante, mas é importante estar bem informada para conversar com a equipe médica sobre as opções de terapias disponíveis e mais apropriadas para cada caso.

Os sintomas costumam surgir tardiamente, mas existem alguns sinais de alerta, como abaulamentos na mama e axila, alterações no formato da mama e secreções papilares espontâneas, que ao serem percebidos, a mulher deve procurar auxílio médico, alerta o hospital IBCC.

O melhor método para se diagnosticar precocemente o câncer de mama é o exame mamográfico. Por meio dele, pode-se identificar a doença antes mesmo dela se tornar um nódulo. Este exame pode detectar lesões não palpáveis e é indicado para mulheres que tem acima de 40 anos de idade. 

“Garantir o acesso da mulher ao exame do câncer de mama e conscientizá-la da importância de realizar o autoexame, é uma necessidade, prioridade. A vida é bem melhor quando a gente se cuida”

Lucimar Rodrigues, diretora do Sindicato e coordenadora da Comissão de Mulheres Químicas do ABC
 

 

AUTOEXAME DA MAMA


Passo 1: Levante o braço direito. Com os dedos, faça movimentos circulares e suaves por toda mama direita. Repita o processo na mama esquerda.

Passo 2: Com os braços baixos, inspecione as mamas em frente ao espelho.

Passo 3: Com os braços levantados, observe se há alguma alteração na forma ou aspecto das mamas e bicos.

Passo 4: Esprema o mamilo delicadamente e observe se sai qualquer secreção. A observação de alterações cutâneas ou no bico do seio, de nódulos ou espessamentos, e de secreções mamárias, não significa necessariamente a existência de câncer.

 

“A prevenção ao câncer de mama também é para os homens. É importante estar atento, acabar com preconceitos e colocar o autoexame na rotina masculina”

Paulo Sérgio Lima, secretário de Saúde, Trabalho e Meio Ambiente do Sindicato

 

 

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir: