Notícias

Rede BASF: Em Defesa da SAÚDE e dos EMPREGOS

Rede de Trabalhadores/as BASF América do Sul denuncia reestruturação produtiva no Chile e Peru em plena pandemia

A Basf anunciou que a partir do segundo semestre de 2021 cessará a produção de tintas automotivas na Argentina. A fábrica de Tortuguitas e todo o seu maquinário serão transferidos para a unidade da Basf Demarchi, no Brasil. A planta Tortuguitas fornecia tintas automotivas para fábricas, montadoras e oficinas na Argentina e no Uruguai. Esse serviço agora ficará concentrado no Brasil. Serão extintos centenas de empregos na Argentina.

Em fevereiro deste ano a Rede foi informada que a unidade no Peru seria fechada, com demissão de dezenas de trabalhadores, sendo uma parte deles mantidos, com o compromisso de recolocação no mercado de trabalho. Foi oferecido um pacote de desligamento aos trabalhadores.

"Na América Latina as condições de trabalho, saúde, segurança e meio ambiente são precárias se comparadas a países de primeiro mundo. Com tudo isso ainda temos que enfrentar e resistir ao desemprego, ao autoritarismo e tentativas de redução de direitos trabalhistas e sociais”, afirma Thiago Rios, Ponto de Contato Regional da Rede.

“Ter empregos ceifados em nome da tal reestruturação em plena pandemia, para nós, da Rede, destoa do debate de responsabilidade social”, completa Fabio Lins, Ponto de Contato Nacional para Brasil.

O Boletim da Rede de setembro/2020 traz mais informações sobre essa reestruturação e aborda também:

- Os resultados financeiros da empresa na América do Sul

- Os acordos realizados pelos sindicatos com a BASF diante da pandemia

- Os protestos contra a política da BASF realizados em 18 de junho - dia da reunião dos acionistas da BASF – que, entre outras reivindicações, pede a suspensão da venda de agrotóxicos proibidos na União Europeia para países da África e América do Sul.

 

Confira a íntegra da edição: https://bit.ly/2FeUrfB

 

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir: