Notícias

70 anos: Festa coroa projeto iniciado há dois anos

Com a ilustre presença do Presidente Lula, o Sindicato dos Químicos do ABC encerra as comemorações dos 70 anos de fundação com o lançamento de um livro e de uma revista

70 anos: Festa coroa projeto iniciado há dois anos

Na noite desta sexta-feira, o Sindicato dos Químicos do ABC encerra as comemorações dos 70 anos de fundação da entidade com chave de ouro. A festa, no Clube Aramaçan, contará com a presença do Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que lançará, junto com o presidente do Sindicato, Paulo Lage, o livro “Memória dos 70 anos: Sindicato dos Químicos do ABC”, organizado pelo jornalista Ademir Médici.

 

Produzido com captação de recursos pela Lei Rouanet, 90% da sua tiragem de 3 mil exemplares será destinada a bibliotecas, universidades e órgãos públicos. Como recordação desses 70 anos de história, todos os presentes receberão, na saída da festa, o Álbum-Revista, que é uma versão, em retratos, do livro.

 

Tanto o livro, quanto a revista e a própria festa fazem parte Projeto Rumo aos 70 anos, iniciado em outubro de 2006, com o objetivo de valorização histórica, resgatando as lutas e as conquistas da categoria química na região, e um aprofundamento na chamada política de responsabilidade social, econômica e ambiental da entidade, o chamado Sindicato-Cidadão.   

 

Ações realizadas ao longo desses dois anos

 

- Instituição do dia 8 de outubro (aniversário do Sindicato) como o “Dia do Trabalhador e da Trabalhadora nas Indústrias Químicas do ABC” nas sete Câmaras Municipais da região.

 

- Grande Ação de Cidadania no Parque Erasmo Assunção, em Santo André, no dia 26/04/2008, em parceria com a prefeitura de Santo André, Rede Andreense de Cidadania e com o apoio do SESI - Conselho Sindical. Mais de 7 mil pessoas tiraram RG, carteira profissional, fizeram consultas médicas, participaram de oficinas de teatro, usufruírem de diversas atividades gratuitas de lazer, beleza, saúde e cidadania, além de um grande show com o Art Popular.

 

- Concurso de Grafitagem nos muros da subsede de Diadema, em 27/04/2008. O vencedor foi Thiago Vaz natural de Ribeirão Pires, formado em Publicidade e Propaganda. Os temas escolhidos procuraram retratar as lutas atuais do Sindicato: saúde e segurança no local de trabalho; organização dos jovens; a luta das mulheres por igualdade; movimento dos aposentados por vida digna e discriminação do negro na sociedade.

 

- Painel sobre as ações históricas do Sindicato na área de Saúde e Segurança no Trabalho, em 29/04/2008, por ocasião do 28 de abril – Dia Internacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças de Trabalho, e do 1º de Maio.

  

- Lançamento do Selo Comemorativo dos Correios em homenagem aos 70 anos do Sindicato, em 30/05/2008, na Sessão Solene da Câmara Municipal de Diadema, que concedeu o título de Cidadão Diademense ao presidente do Sindicato, Paulo Lage.

É o segundo selo oficial dos Correios com temas relacionados à região do ABC - o primeiro traz a imagem de João Ramalho e foi lançado em 1953 por conta da comemoração do quarto centenário da Vila de Santo André da Borda do Campo (fundada em 8 de abril de 1553), e também foi o primeiro selo impresso nas novas rotativas da Casa da Moeda, segundo o filatelista andreense Valdenízio Petrolli.

 

- Homenagem aos 25 anos da CUT, em 28/08/2008: realização de um ato comemorativo com a presença do presidente nacional da CUT, Artur Henrique, que recebeu uma pintura da atual sede da Associação dos Aposentados Químicos do ABC, local que abrigou a primeira direção histórica da Central.

- Concurso de Desenho e Redação sobre o Meio Ambiente para os alunos da Escola Municipal de Santo André Homero Thon, com o objetivo despertar a consciência sobre a necessidade de preservação e cuidados com a natureza, em setembro de 2008.

  

Homenagens: A direção do Sindicato dos Químicos do ABC foi homenageada, com a realização de Sessão Solenes, pelos parlamentares da Câmara Municipal de Diadema, em 30/05/2008, da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo, em 29/08/2008, da Câmara Municipal de Santo André, em 17/09/2008, e pelos parlamentares da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo no último dia 26/09.

 

História

 

Em 8 de outubro de 1938, plena ditadura de Getúlio Vargas, nasce o Sindicato dos Químicos do ABC. Começa então uma longa jornada de lutas em defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Uma trajetória construída com muitas histórias.

 

Em todo esse período, os trabalhadores(as) acumularam muitas vitórias, mas não faltaram perseguições políticas, ataques aos nossos direitos, armações e até assassinatos, como o do trabalhador químico Olavo Hansen, preso e executado pela ditadura militar.

 

A unificação da data-base, fundação da CUT, diminuição da jornada para 44 horas e criação da COMSAT (Comissão de Saúde do Trabalhador) retratam parte dessa história.

 

Compartilhar com:

Enviar:

Imprimir: